Meu perfil
BRASIL, Nordeste, BACABAL, Centro, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Automóveis, Música

Histórico
    Votação
    Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
    UOL - O melhor conteúdo
    BOL - E-mail grátis







    Oração do São Cirilo de Jerusalém

    Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Se a vossa justiça não superar a dos escribas e fariseus, não entrareis no reino dos Céus. Ouvistes que foi dito aos antigos: ‘Não matarás; quem matar será submetido a julgamento’. Eu, porém, digo-vos: Todo aquele que se irar contra o seu irmão será submetido a julgamento. Quem chamar imbecil a seu irmão será submetido ao Sinédrio, e quem lhe chamar louco será submetido à geena de fogo. Portanto, se fores apresentar a tua oferta sobre o altar e ali te recordares que o teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar, vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão e vem depois apresentar a tua oferta. Reconcilia-te com o teu adversário, enquanto vais com ele a caminho, não seja caso que te entregue ao juiz, o juiz ao guarda, e sejas metido na prisão. Em verdade te digo: Não sairás de lá, enquanto não pagares o último centavo».

    Comenta o que esta oração disse á tua vida!
    (O teu eco, a tua ressonância e o teu estado de alma)
      

    São Cirilo de Jerusalém (315 - 386), foi bispo da Igreja de Jerusalém em sucessão ao bispo Máximo, no ano 348.

    Ofereceu forte oposição ao arianismo, a qual negava a Tridade, ou seja, o conceito de um só Deus em três pessoas co-eternas e iguais — Pai, Filho e Espírito Santo — e preferia o paradigma de um só Deus absoluto, cujo Filho era Jesus, distinto, inferior ao Pai, gerado por e sujeito a ele e o Espírito Santo como sendo meramente o poder despersonificado de Deus.

    É considerado grande Doutor e apologista da Igreja. O dia da festa de São Cirilo é comemorado em 18 de março.



     Escrito por Aurélio às 12h55
    [] [envie esta mensagem] []



    Oraçao a Santa Cecila

    Oraçao a Santa Cecila

    Ó Gloriosa Santa Cecília,
    apóstola de caridade,
    espelho de pureza e modelo de esposa cristã!
    Por aquela fé esclarecida,
    com que afrontastes
    os enganosos deleites do mundo pagão,
    alcançai-nos o amoroso conhecimento
    das verdades cristãs,
    para que conformemos a nossa vida
    com a santa lei de Deus e da sua Igreja.
    Revesti-nos de inviolável confiança
    na misericórdia de Deus,
    pelos merecimentos infinitos
    de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Dilatai o nosso coração, para que,
    abrasados do amor de Deus,
    não nos desviemos jamais
    da salvação eterna.
    Gloriosa Padroeira nossa,
    que os vossos exemplos de fé e de virtude
    sejam para todos nós um brado de alerta,
    para que estejamos sempre atentos à vontade de Deus,
    na prosperidade como nas provações,
    no caminho do céu e da salvação eterna.
    Assim seja.

    Oração à Santa Cecília 2

    Ó Virgem e mártir, Santa Cecília, pela fé viva que vos animou, desde a infância, tornando-vos tão agradável a Deus e ao próximo, merecendo a coroa do martírio, convertendo pagãos ao cristianismo, alcançai-nos a graça de progredir cada vez mais na fé e professá-la através do testemunho das boas obras, especialmente servindo aos irmãos necessitados.

    Gloriosa Santa Cecília, que os vossos exemplos de fé e virtude sejam para todos nós um brado de alerta, para que estejamos sempre atentos a vontade de Deus, na prosperidade como nas provações, no caminho do céu e da salvação eterna.

    Santa Cecília, padroeira dos músicos e artistas, rogai por nós. Amém.

    Historia:

    Santa Cecília é uma santa cristã, padroeira dos músicos. Não se tem muitas informações sobre a vida de Santa Cecília. É provável que tenha sido martirizada entre 176 e 180, sob o império de Marco Aurélio. Escavações arqueológicas, não deixam dúvidas sobre a sua existência.

    Segundo a Paixão de Santa Cecília, escrita no século V, Cecília seria da nobre família romana dos Metelos, filha de senador romano e cristã desde a infância.

    Os pais de Cecília, sem que a filha soubesse, prometeram-na em casamento a um jovem patrício romano, chamado Valeriano. Se bem que tivesse alegado os motivos que a levavam a não aceitar este contrato, a vontade dos pais se impôs de maneira a tornar-lhe inútil qualquer resistência. Assim se marcaria o dia do casamento e tudo estava preparado para a grande cerimôniaEm 1599, por ordem do Cardeal Sfondrati, foi aberto o túmulo de Santa Cecília e o corpo encontrado ainda na mesma posição descrita pelo papa Pascoal. O escultor Stefano Maderno que assim o viu, reproduziu em finíssimo mármore, em tamanho natural, a sua imagem.

    A Igreja ocidental, como a oriental, tem grande veneração pela Mártir, cujo nome figura no cânon da santa Missa. O ofício de sua festa traz como antífona um tópico das atas do martírio de Santa Cecília, as quais afirmam que a Santa, nos festejos do casamento, ouvindo o som dos instrumentos musicais, teria elevado o coração a Deus nestas piedosas aspirações: “Senhor, guardai sem mancha meu corpo e minha alma, para que não seja confundida”.

    Desde o século XV, Santa Cecília é considerada padroeira da música sacra. Sua festa é celebrada no dia 22 de Novembro, dia da Música e dos Músicos.

    Pedido de Oraçao:

    http://blog.cancaonova.com/fatimahoje/2008/11/22/oracao-de-santa-cecilia/

    http://asp2win648.digiweb.com.br/mitra/



     Escrito por Aurélio às 15h42
    [] [envie esta mensagem] []



    Oraçao a São Carlos Borromeu

    Oraçao de Sao Carlos

    Conservai, ó Deus, no vosso povo o Espírito que animava São Carlos Borromeu, para que a vossa igreja, continuamente renovada e sempre fiel ao Evangelho, possa mostrar ao mundo a face do Cristo.

    Assim como fizestes dele um grande bispo, pela vigilância pastoral e esplendidas virtudes, concedei-nos frutificar sempre em boas obras.

    Dai-nos sua intercessão, que sejamos constantemente fiéis no vosso serviço e fervorosos na caridade. Amém.

    Historia de Sao Carlos:

    Carlos, o segundo filho de Gilberto, nasceu em 2 de outubro de 1538. Menino ainda, revelou ótimo talento e uma inteligência rara. Ao lado destas qualidades, manifestou forte inclinação para a vida religiosa, pela piedade e o temor a Deus. Ainda criança, era seu prazer construir altares minúsculos, diante dos quais, em presença dos irmãos e companheiros de idade, imitava as funções sacerdotais que tinha observado na Igreja. O amor à oração e o aborrecimento aos divertimentos profanos, eram sinais mais positivos da vocação sacerdotal.
    O ano de 1562 veio a Carlos com a graça do sacerdócio.
    No silêncio da meditação, lançou Carlos planos grandiosos para a reorganização da Igreja Católica. Estes todos se concentraram na idéia de concluir o Concílio de Trento. De fato, era o que a Igreja mais necessitava, como base e fundamento da renovação e consolidação da vida religiosa. Carlos, sem cessar, chamava a atenção do seu tio (que era cardeal e foi eleito Papa, com o nome de Pio IV) para esta necessidade, reclamada por todos os amigos da Igreja. De fato, o Concílio se realizou, e Carlos quis ser o primeiro a executar as ordens da nova lei, ainda que por esta obediência tivesse de deixar sua posição para ocupar outra inferior. 
    Carlos sabia muito bem que a caridade abre os corações também à religião. Por isto foi que grande parte de sua receita pertencia aos pobres, reservando ele para si só o indispensável. Heranças ou rendimentos que lhe vinham dos bens de família, distribuía-os entre os desvalidos. Tudo isto não aguenta comparação com as obras de caridade que o Arcebispo praticou, quando em 1569-1570, a fome e uma epidemia, semelhante à peste, invadiram à cidade de Milão. Não tendo mais o que dar, pedia ele próprio esmolas para os pobres e abria assim fontes de auxílio, que teriam ficado fechadas. Quando, porém, em 1576, a cidade foi atingida pela peste, e o povo abandonado pelos poderes públicos, visto que ninguém se compadecia do povo, ainda procurava os pobres doentes dos quais ninguém lembrava, consolava-os e dava-lhes os santos sacramentos. Tendo-se esgotado todas as fontes de recurso, Carlos lançou mão de tudo o que possuía, para amenizar a triste sorte dos doentes. Mais de  cem sacerdotes tinham pago com a vida, na sua dedicação e serviço aos doentes. Deus conservava a vida do Arcebispo, e este se aproveitou da ocasião para dizer duras verdades aos ímpios e ricos esquecidos de Deus.
    Gregório XIII, não só rejeitou as acusações infundados feitas ao Arcebispo, mas ainda recebeu Carlos Borromeu em Roma, com as mais altas distinções. Em resposta a este gesto do Papa, o governador de Milão, organizou no primeiro domingo da Quaresma de 1579, um indigno préstito carnavalesco pelas ruas de Milão, precisamente à hora da missa celebrada pelo Arcebispo. O mesmo governador, que tanta guerra ao Prelado movera, e tantas hostilidades contra São Carlos estimulara, no leito de morte reconheceu o erro e teve o consolo da assistência do santo Bispo na hora da agonia. Seu sucessor, Carlos de Aragão, duque de Terra Nova, viveu sempre em paz com a autoridade eclesiástica. O Arcebispo gozou deste período só dois anos.
    Quando em outubro de 1584, como era de costume, se retirara para fazer os exercícios espirituais, teve fortes acessos de febre, aos quais não deu importância e dizia: “Um bom pastor de almas, deve saber suportar três febres, antes de se meter na cama”. Os acessos renovaram-se e consumiram as forças do Arcebispo. Ao receber os santos sacramentos, expirou aos 03 de novembro de 1584. Suas últimas palavras foram: “Eis Senhor, eu venho, vou já”. São Carlos Borromeu tinha alcançado a idade de 46 anos.
    O Papa Paulo V, canonizou-o em 1610 e fixou-lhe a festa para o dia 04 de novembro.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.sosoracao.com.br/pedidos/pedido.asp



     Escrito por Aurélio às 18h48
    [] [envie esta mensagem] []



    Nossa Senhora dos Navegantes

    Nossa Senhora dos Navegantes

    Ó Nossa Senhora dos Navegantes Mãe de Deus, Criador do Ceu e da Terra, dos rios, lagos e mares: Protege-me em todas as minhas viagens Que ventos, tempestades borrascas, raios e ressacas. Não perturbem a minha embarcação. E que monstro nehum, nem incidentes imprevistos causem alteração e atraso a minha viagem nem me desviem da rota traçada. Virgem Maria Senhora dos navegantes, minha vida é a travessia de um mar furioso as tentações os fracassos e as desilusões são ondas impetuosas.Que ameaçam afundar minha frágil embarcação, no abismo do desânimo e do desespero Nossa Senhora dos Navegantes nas horas de perigo eu penso em vós e o medo desaparece: O ânimo e a disposição de lutar e de vencer tornam a me fortalecer com a vossa proteção e a benção de vosso filho a embarcação de minha vida há de ancorar Segura e tranquila no porto da eternidade Nossa Senhora dos Navegantes Rogai por nós.

    Oraçao 2:

    Senhora dos Navegantes, sois ideal e estímulo para uma vida perseverante de amor a Deus e de bondade para com o próximo.
    Sois a “a mais alta realização do Evangelho e o modelo perfeito do cristão”. Sois cheia de graça e bendita entre as mulheres.
    Todas as gerações vos proclamam bem aventurada porque vos fizestes a serva do Senhor. Dai-nos sempre vontade decidida de melhor buscar, conhecer e seguir Cristo.
    Amém. 

    Historia:

    Nossa Senhora dos Navegantes é um título dado a Mãe de Jesus, Maria.

    A fé e a designação Nossa Senhora dos Navegantes, tem início no século XV, com a navegação dos europeus, especialmente com os portugueses. As pessoas que viajavam pelo mar pediam proteção à Nossa Senhora para retornarem aos seus lares. Maria era vista como protetora das tempestades e demais perigos que o mar e os rios ofereciam. A primeira estátua foi trazida de Portugal junto com os navegadores.

    Nossa Senhora dos Navegantes é também conhecida pelo nome de Nossa Senhora das Candeias

    Existe um sincretismo entre a santa católica Nossa Senhora dos Navegantes e a orixá da Mitologia Africana Iemanjá. Em alguns momentos, inclusive festas em homenagem as duas se fundem[3][4]. No Brasil, tanto Nossa Senhora dos Navegantes como Iemanjá tem sua data festiva no dia 2 de fevereiro. Costuma-se festejar o dia que lhe é dedicado, com uma grande procissão fluvial. Em Pelotas a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes vai até o Porto de Pelotas. Antes do encerramento da festividade católica acontece um dos momentos mais marcantes da festa de Nossa Senhora dos Navegantes em Pelotas, que em 2008 chegou à 77ª edição. As embarcações param e são recepcionadas por umbandistas que carregavam a imagem de Iemanjá, proporcionando um encontro ecumênico assistido da orla por várias pessoas.

    A fé em Nossa Senhora dos Navegantes chegou ao Brasil através dos navegadores portugueses e espanhóis. Em Porto Alegre, cidade de colonização açoriana Nossa Senhora dos Navegantes foi declarada padroeira da cidade. Todos os anos é realizada em Porto Alegre uma procissão fluvial no Rio Guaíba. Na festa de 2008 em Porto Alegre à procissão em honra a Nossa Senhora dos Navegantes reuniu mais de 100 mil pessoas.

    Nossa Senhora dos Navegantes é, também em Portugal, associada ao mar e à proteção dos marinheiros pela Santa Mãe de Deus. Mas a diferença é que os portugueses associam-na, principalmente, às comunidades piscatórias. A sua festa realiza-se a 15 de Agosto com procissões em várias comunidades de pescadores por todo o país. Uma das grandes festas a Nossa Senhora dos Navegantes realiza-se em Cascais entre os dias 3 e 15 de Agosto. Durante esta semana, a população reúne-se na Baía de Cascais para uma grande mostra gastronómica e artesanal e ainda o lançamento de fogo de artifício todos os dias. No final, dia 15, festeja-se Nossa Senhora dos Navegantes numa procissão pelas ruas da vila de Cascais e depois de barco até meio da Baía onde se dá a Benção do mar e da vila. Esta festa é também realizada na Costa da Caparica.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.jesusvoltara.com.br/pedidos.htm



     Escrito por Aurélio Filho às 19h09
    [] [envie esta mensagem] []



    Senhor Bom Jesus do Bonfim

     

    Oração ao Senhor Bom Jesus do Bonfim 

    Ó meu Jesus do Bonfim, ajoelhado aos pés da vossa santa Imagem, sinto-me comovido vendo correr o sangue divino das vossas sagradas chagas. Que não se perca inultimente o fruto da vossa Paixão e Agonia dolorosíssimas.

    Venha sobre o meu coração o sangue redentor, para purificá-lo, deste modo imitarei vossa paciência e resignação nos trabalhos e sofrimento desta vida, e me disporei a uma santa morte. Sim, ó Bom Jesus, que não me falte o vosso alimento e proteção neste momento do qual depende  a minha eternidade.

    Que a vossa santa morte seja o penhor da minha boa morte para que possa gozar junto de Vós no céu a eternidade feliz. Assim seja.

    Reza-se Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória ao Pai.

    Oraçao 2:

    MEU SENHOR DO BOMFIM, QUE SOBRE AS ÁGUAS ANDASTES HOJE,ESTAIS ENTRE O CÁLICE EA HÓSTIA SAGRADA.
       TREME A TERRA MAS NÃO TREME O CORAÇAO DO MEU SENHOR JESUS CRISTO,  MAS TREME O CORAÇÃO DOS MEUS INIMIGOS, QUANDO POR MIM ESPIAREM, EU TE BENZO EM CRUZ, E TU BENZES A MIM ENTRE O SOL E A LUA, AS ESTRELAS E AS TRÊS PESSOAS DA SANTÍSSIMA TRINDADE, PAI, MÃE, FILHO O ESPIRITO SANTO.
       MEU DEUS NA TRAVECIA ENTRE MEUS INIMIGOS, O QUE EU FAÇO COM ELES.
       COM O MANTO DA VÍRGEM MARIA SOU COBERTO, COM O SANGUE DO NOSSO SENHOR DO BOMFIM SOU VÁLIDO, ELES TEM VONTADE DE ME ATIRAR MAS NÃO ATIRAM, SE ME ATIRAM ÁGUA PELO CANO DA ARMA HÁ DE CORRER, ASSIM COMO CORREU O LEITE DA VIRGEM MARIA SANTÍSSIMA PARA BOCA DO SEU DIVINO FILHO.
        SE QUISER ME FURAR, A FACA DA MÃO CAIRÁ, CASSETE OU TUDO QUE PARA EU LEVANTAR HÁ DE FICAR SUSPENSA AO NO AR. ASSIM COMO FICOU MARIA SANTÍSSIMA AO PÉ DA CRUZ ESPERANDO SEU BENDITO FILHO.
       CORDA QUE POR MIM BOTAREM, PELOS MEUS PÉS HÁ DE CAIR, PORTA QUE PARA EU SE TRANCAR TERAM QUE SE ABRIR, COMO ABRIU O SEPULCRO DO MEU SENHOR JESUS CRISTO PARA ELE SUBIR AO CÉU. AMEM

    Ladainha e oraçao:

    Para obter favores difíceis

    Em nome do Pai + do Filho + do Espírito Santo.

    LADAINHA

    Senhor, tende piedade de nós,

    Cristo, tende piedade de nós,

    Salvador Jesus, ouvi-nos,

    Salvador Jesus, atendei-nos,

    Salvador Jesus, ouvido dos surdos,

    Salvador Jesus, língua dos mudos,

    Salvador Jesus, luz dos cegos,

    Salvador Jesus, que curai os doentes,

    Salvador Jesus, que abrandais as dores,

    Salvador Jesus, consolador dos aflitos,

    Salvador Jesus, refúgio dos infelizes,

    Salvador Jesus, abrigo dos sofredores,

    Salvador Jesus, Pai do órfão,

    Salvador Jesus, Protector das viúvas,

    Salvador Jesus, tesouro do pobre,

    Salvador Jesus, que nos livrais de todo mal,

    Livrai-nos das penas espirituais.

    Tende piedade de nós

    Todos aqueles que venham honrar Vossa Santa Imagem, voltem consolados e curados.

    Cordeiro de Deus, que apagais os pecados do mundo, poupai-nos, Senhor.

    Cordeiro de Deus, que apagais os pecados do mundo, atendei-nos, Senhor.

    ORAÇÃO

    Santíssimo Salvador, Jesus, Senhor do Bonfim, que terríveis dores que sofrestes, na cruz, na Vossa Cabeça ferida da coroa de espinhos, em Vossos Pés e em Vossas Mãos, trespassados de cravos, pelo Vosso Suor de sangue, concedei-me a graça de (fazer aqui o pedido).

    Bem sei que os meus pecados pesam muito, que pouco mereço o Vosso perdão, mas sei também, Senhor, que o Vosso infinito amor à humanidade é infinitamente maior.

    Apesar de pecador, eu creio em Vós, Senhor meu Deus. Creio na Vossa Justiça, na Vossa Bondade, na Vossa Misericórdia.

    enhor do Bonfim, sede propício à minha prece.

    Assim seja.

    Rezar um Credo e um Pai Nosso.

    Historia:

    Senhor do Bonfim, segundo a devoção católica, é uma figuração de Jesus Cristo em que este é venerado na visão de sua morte.

    O Senhor do Bonfim é o padroeiro do coração dos baianos ( a padroira do Estado da Bahia é Nossa Senhora da Conceção da Praia) , sendo a Igreja do Senhor do Bonfim um dos mais importantes monumentos arquitetônicos de Salvador, além de palco para uma das principais festas religiosas do lugar. Na Bahia o Hino ao Senhor do Bonfim é mais conhecido que o Hino da Bahia, e muitas vezes confundido com este. Além deste Estado Brasileiro, é Padroeiro de outras localidades, como na cidade de Minas Gerais de Bocaiúva, sendo nesta localidade mineira, terra natal de Herbert de Souza, (O Betinho), a festa é na segunda semana do mês Julho. Já na cidade Alagoana de Viçosa, a festa é realizada no dia 2 de fevereiro.

    As imagens do Senhor do Bonfim e de Nossa Senhora vieram de Portugal em 1745 e ficaram abrigadas na Igreja da Penha até o término da construção da Igreja do Senhor do Bonfim. Em 1754, a parte interna da Igreja do Senhor do Bonfim foi finalizada e os santos foram levados para lá com uma procissão.

    A iluminação era feita através de lampiões até que em junho de 1862 foi implantada a iluminação pública, feita com lâmpadas de gás carbônico. As instalações elétricas realizadas em 1902 foram mantidas até 1998, quando a igreja foi restaurada.

    É uma das mais tradicionais igrejas católicas da cidade, dedicada ao Senhor do Bonfim, padroeiro dos baianos. Foi erguida a partir de 1745, ano em que chegaram as imagens do Senhor Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia, trazidas de Portugal pelo capitão Teodósio Rodrigues de Faria, estando concluída em 1772. Em 1923, por razão das comemorações pela Independência da Bahia, foi composto o Hino ao Senhor do Bonfim, de autoria do poeta Arthur de Salles e João Antônio Wanderley. Este hino tornou-se muito popular na Bahia até os dias atuais.

    Para o povo baiano, a Igreja do Bomfim é o maior centro da fé católica, e ainda daquelas que, pelo sincretismo, têm no local o ponto máximo da religião.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp



     Escrito por Aurélio Filho às 12h55
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Santa Efigênia

    Oração à Santa Efigênia

    Ó Virgem Santa Efigênia, nós vos imploramos que ilumineis nosso espírito e esclareçais nossa razão, guieis nossos passos e abençoais nossos esforços, derrameis sobre nós toda ternura de vossa alma luminosa e santa, para que sejam purificados nossos sofrimentos.
    Intercedei por nós junto ao Divino Cordeiro, e guiai-nos neste caminho espinhoso da vida, para que possamos, como vós ajudados com o auxílio da divina graça, vencer os embustes do inimigo infernal e gozar convosco a bem-aventurança eterna do céu.
    Assim seja.
    Amém.

    Oraçao 2:

    A Vós,  Pai bondoso,  com fervor Vos suplicamos  por esta casa, pelos que nela vivem e por tudo o que ela contém. Abençoai e enriquecei-a com vossos bens.

    Concedei-lhe prodigamente o orvalho do céu e a fertilidade da terra, os bens espirituais e as coisas necessárias para a vida. Que vossa bênção permaneça sobre ela e que o vosso Espírito Santo penetre o coração e a vida de seus moradores, fazendo-os arder em amor por vós e pelo próximo. Que todas as pessoas que nela entrarem tenham o acolhimento da bondade, do amor e da paz.

    Pela intercessão de Santa Ifigênia, cuja causa de encontrar um teto  Vós protegestes, atendei nossas preces e fazei de nós o vosso lar.  
    (FAZER O PEDIDO)

    Por Cristo Nosso Senhor, 

    Amém.

    Protetora contra os incêndios

    Historia:

    O nome Ifigênia significa em grego "Nascida Forte".
    Os Carmelitas dizem-se descendentes dos Israelitas que viviam em comunidade no Monte Carmelo. Desde o tempo do Profeta Elias. Quando aceitaram o Evangelho acompanhavam os Apóstolos, incentivando os primeiros cristãos a viver como eles. Eis porque Santa Ifigênia veste hábito carmelita em suas representações.

    Efigênia aderiu a fé assim que São Mateus começou a pregar em Noba. Nessa época surgiu uma terrível peste e os sacerdotes da antiga religião convenceram o rei a sacrificar a princesa, para aplacar a ira dos deuses e salvas o povo da peste. Ifigênia foi, então, atada sobre a fogueira. Logo que o fogo foi aceso, clamou pelo nome de Jesus. Apareceu-lhe um anjo que a salvou das chamas e a levou ao palácio real, junto a sua mãe. Neste mesmo dia, o príncipe Efrônio, seu irmão adoeceu gravemente. E, apesar dos esforços dos sacerdotes Magos, veio a falecer. O imperador Égipo permitiu que São Mateus viesse visitar o seu filho. São Mateus chamado por Ifigênia, impôs suas mãos sobre Efrônio restituiu-lhe a vida curando-o da peste mortal, e em seguida evangelizou e batizou toda a família. Então o imperador permitiu que o Evangelho fosse pregado na Etiópia. A virtuosa Ifigênia tornou-se colaboradora do Apóstolo, decidindo consagrar sua virgindade a Deus. Mais tarde foi morar com outras jovens em uma casa construída pelo pai.

    Essa comunidade chegou a possuir 200 religiosas, lideradas por Ifigênia.
    Falecendo Égipo, seu Hirtaco prendeu Efrônio, usurpando o trono. Começou, assim, a perseguir todos os cristãos e exigiu que a sobrinha dissolvesse a comunidade e se casasse com ele. Defendeu-a  São Mateus, e por isso foi morto a mando do tirano. Vendo que Ifigênia ainda resistia ao seu desejo, o indigno rei pôs fogo em sua casa. Quando as chamas cercavam toda a casa, Ifigênia e as companheiras invocaram o nome de Jesus. Na mesma hora o fogo se apagou e o palácio real começou a arder, destruindo tudo. Diante de mais esse sinal da Providência Divina, o povo revoltou-se contra Hirtaco, quem fugiu. Em seguida, libertou Efrônio, o legítimo herdeiro, fazendo-o assumir o poder. Teve início, então, um governo orientado e estruturado nos princípios evangélicos da Justiça e do Direito. O Rei contava com os sábios conselhos da veneranda irmã.

    Ifigênia morreu bem idosa, vendo o Evangelho espalhar-se pelos reinos vizinhos. Perto de Noba havia um reino chamado Abissínia. Seu rei era Elesbão, que também se converteu a fé Cristã. O duplo triunfo sobre a voracidade das chamas fez de Santa Ifigênia ADVOGADA CONTRA INCÊNDIOS E PROTETORA DA MORADIA. Sendo muito ligada a São Mateus, a quem deve sua conversão, Santa Ifigênia tem a sua festa celebrada aos 22 de Setembro, um dia depois da festa de São Mateus. Esta devoção começou entre os Carmelitas de Cádiz, na Andaluzia. Dessa região espanhola passou a Portugal e de lá ao Brasil. Por ser africana, Santa Ifigênia logo despertou a atenção e o amor do sofrido povo negro, que começou a receber abundantes graças, por sua poderosa intercessão. Possa o exemplo e testemunho dessa primeira Santa africana incentivar, entre nós, um conhecimento mais profundo da pessoa e da mensagem de Jesus que para nós, seus discípulos, é, foi, e será para sempre, CAMINHO, VERDADE, E VIDA.

    Imitando o exemplo de Santa Ifigênia, Saibamos invocar o santo nome de Jesus em nossas dificuldades. Ela se colocará ao nosso lado para orar conosco a Deus.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.auxiliadora.org.br/pedidomissa.htm



     Escrito por Aurélio Filho às 18h29
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Domingos Sávio

    Oração a São Domingos Sávio

    Suplico-vos glorioso São Domingos Sálvio, pela vossa admirável pureza.
    Que me dê o desejo de vos imitar nessas angélicas virtudes, vencendo em todas as ocasiões, de modo que eu as conserve inviolada até me unir convosco na celeste bem-aventurança prometida aos inocentes e limpos de coração.
    Assim seja.
    Amém.

    Oraçao 2:

    O Deus, fonte e doador de todo bem,
    que, em São Domingos Sávio, destes aos adolescentes
    um exemplo admirável de piedade e de
    pureza, concedei-nos, também a nós,
    crescer como filhos, na alegria e no amor
    até a plenitude de Cristo. Que é Deus convosco,
    na unidade do Espírito Santo.
    Ou, para a Comunidade religiosa:
    Senhor, Deus da vida e da alegria,
    que destes à Igreja São Domingos Sávio
    como modelo de santidade juvenil,
    concedei aos jovens crescer como ele
    na pureza e no amor;
    e a nós, educadores,
    saber conduzi-los a Cristo,
    para que se comprometam no serviço do
    vosso Reino.
    Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

    Especial patrono da mocidade

    Historia:

    Nascido em Riva, Piedmont, Itália, em 1842; e morreu em Mondonio tambem na Itália em 9 de março de 1857. Foi beatificado em 1950 e canonizado em 1954.

    Domingos era um de três filhos de um ferreiro e cresceu com desejos de ser um padre. Quando São João Bosco começou a treinar jovens como clérigos para ajudá-los no cuidado de meninos de rua, em Turim o padre da paróquia de Domingos o recomendou a João Bosco, o qual mais tarde escreveu a biografia de Domingos de tão impressionado que ficou ao conhece-lo.
    Em outubro de 1854, na idade de 12 anos Domingos tornou-se um estudante no Oratório de São Francisco de Sales em Turim. Ele é mais conhecido pelo grupo que organizou chamado a "Companhia da Imaculada Conceição".
    Em adição a sua devoção, ele fazia vários trabalhos como, varrer o chão e tinha especial paciência e cuidado com os jovens mais travessos. Logo que começou no Oratório Domingos separou uma luta entre dois rapazes que se atiravam pedras. Segurando um crucifixo entre eles ele disse : " Antes de lutarem olhem para isto" e em seguida disse "Jesus não tinha nenhum pecado e Ele morreu perdoando os seus executores, nós vamos ultraja-Lo sendo deliberadamente vingativos?"
    Ele escrupulosamente seguia a disciplina da casa e com isto angariava o ressentimento dos outros jovens que esperam dele o mesmo comportamento. Não obstante, ele nunca ofendia quem o tratava mal. Talvez se não fosse a orientação de São João Bosco ele teria se tornado um fanático. Bosco o proibiu de fazer qualquer mortificação ao seu corpo sem sua permissão. Bosco certa vez encontrou Domingos, numa noite fria, em sua cama tremendo sem um só lençol por cima. "Não seja louco disse ele a Domingos, você poderá pegar pneumonia !" . "Por que eu? " perguntou Domingos " O meu Senhor não pegou pneumonia na manjedoura em Belém?"
    Em outra ocasião Domingos sumiu de manhã até o jantar. Bosco o encontrou no coro da igreja de joelhos, em oração. Ele ficou lá por 6 horas depois que a missa havia acabado e disse que estava "distraído" . Sempre se referia a suas orações intensas como estando "distraído" orando e não havia visto o tempo passar.
    Bosco reportou ao Papa Pio IX o desejo de Domingos em servir na Inglaterra e a Inglaterra tornou-se uma primeira preocupação de Bosco. Alguns dizem que isso era devido ao ímpeto de Pio IX de restaurar a hierarquia da Igreja na Inglaterra.
    Domingos tornou-se conhecido como uma pessoa com dons espirituais especiais e que reconhecia a necessidade das pessoas, bem alem do percebido pelo padre comum e tinha uma habilidade de profetizar o futuro.
    Entretanto, a frágil saúde de Domingos piorou e ele foi enviando para Mondonio para uma mudança de clima. Foi diagnosticado como tendo tuberculose e logo começou a sangrar e isso apressou sua morte. Ele recebeu os últimos sacramentos e pediu ao padre para ler a oração dos mortos e no final ele sentou-se e disse: "Adeus meu caro padre" ; sorriu e exclamou!:" Estou vendo coisas maravilhosas" e logo depois ele morreu sorrindo tão calmo e feliz, que ninguém duvidou de sua visão do paraíso.
    Pouco tempo depois, São João Bosco escreveu sua biografia, o que contribuiu para a sua canonização. Ele foi a pessoa mais jovem a receber a canonização, na história da Igreja.
    Ele é o padroeiro dos cantores de coro da igreja e delinqüentes juvenis.

    Sua festa é celebrada no dia 5 de março

    Pedido de Oraçao:

    http://asj.org.br/servicos_pedidosdeoracao.asp

    http://www.cancaonova.com/portal/canais/pedidooracao/



     Escrito por Aurélio Filho às 17h58
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Nossa Senhora do Amparo

    Oração à Nossa Senhora do Amparo

    Ó dulcíssima Soberana do Amparo, bem sabemos que, miseráveis pecadores, não éramos dignos de vos possuir neste vale de lágrimas, mas sabemos também que a vossa grandeza não vos faz esquecer a nossa miséria e no meio de tanta glória, a vossa compaixão, longe de diminuir, aumenta cada vez mais para conosco.
    Do alto do trono em que reinais sobre todos os Anjos e Santos, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos! Vêde a quantas tempestades e mil perigos estaremos, sem cessar, expostos, até o fim da nossa vida. Pelos merecimentos da fé, da confiança e da santa perseverança na amizade de Deus, pedimos que possamos um dia ir beijar os vossos pés e unir as nossas vozes às dos Espíritos celestes, para vos louvar e cantar as vossas glórias eternamente no Céu.
    Assim seja.
    Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.
    Amém.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp



     Escrito por Aurélio Filho às 17h32
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Dimas

    Oração a São Dimas

    Glorioso São Dimas, agonizastes junto à cruz do Salvador e junto de Maria, Mãe e Refúgio dos pecadores. Fostes a primeira conquista de Jesus e de Maria no calvário. Fostes o primeiro Santo canonizado pelo próprio Jesus Cristo, quando vos garantiu o reino dos Céus: "HOJE ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO", Eis porque, hoje prostrados aos vossos pés, a vós recorremos confiando na infinita misericórdia que vos santificou no calvário das chagas de Jesus crucificado, nas dores e nas lágrimas de Maria Santíssima. Em nossa aflição, humilhados pelos grandes pecados, mas esperando tudo da vossa bondosa proteção, pedimos que intercedais por nós. Valei-nos, alcançai-nos as graças que ardentemente vos suplicamos! (pedido)

    Oraçao 2:  

    SÃO DIMAS, que tiveste a felicidade de ouvir dos lábios de Jesus Crucificado esta palavra de salvação: hoje estarás comigo no Paraíso, e que, cheio de uma grande confiança no amor misericordioso de Jesus, ousaste pedir: "SENHOR, LEMBRAI-VOS DE MIM QUANDO ENTRARDES EM VOSSO REINO" e alcançaste a misericórdia e o perdão que vos transformou num santo e num mártir; glorioso SÃO DIMAS, a vossa fé viva e a vossa contrição na hora derradeira, vos valeram tamanha graça.

    Também nós pobres pecadores, pelas chagas de Jesus crucificado e pelas dores de vossa Mãe, Maria Santíssima, vos rogamos e esperamos alcançar a divina misericórdia na vida, e sobretudo na hora da morte.

    E para que tamanha graça nos seja concedida, imploramos a vossa valiosa proteção. Ó São Dimas, foste o bom Ladrão que, roubando o céu e conquistando o Coração agonizante e misericordioso de Jesus, vos tornaste o modelo da confiança, e dos pecadores, arrependidos.

    Valei-nos, São Dimas, em todas as nossas aflições e necessidade temporais e espirituais! Sobretudo naquela hora derradeira, quando chegar nossa agonia, pedi a Jesus crucificado e morto para nossa salvação, possamos ter o vosso arrependimento e confiança, e também, como vós, ouvir a consoladora promessa: "HOJE ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO".

    Historia:

    Foi São Dimas, antes de ser crucificado ao lado de Jesus, um dos numerosos bandidos da Judéia. Exercia o banditismo nos desertos de passagem para o Egito, onde, segundo a lenda, protegeu e abrigou a Sagrada Família que fugia. à perseguição de Herodes. Devia ter então de vinte e cinco para trinta anos.
    Perseguido pela Justiça romana, que procurava libertar a Judéia dos ladrões que a infestavam, atacando os Romanos e provocando sedições, Dimas, juntamente com Gestas, outro celerado, foi preso e julgado em Jericó. Pilatos ordenou fossem ambos levados a Jerusalém, para lá serem flagelados e crucificados, como escarmento aos bandidos da região. Algemados de pés e mãos, os dois facínoras foram atirados a uma horrível masmorra e flagelados.
    Dimas foi crucificado como Nosso Senhor. Costumam, entretanto, representá-lo simplesmente amarrado à cruz, para diferenciá-lo de Cristo. Na cruz, ao lado do Redentor, Dimas admirou-lhe a mansidão, a doçura, a paciência infinita. E se comoveu. Tocado pela graça, converte-se miraculosamente.
    E, naquele seu companheiro de condenação e de martírio, naquele homem insultado, escarnecido e humilhado da maneira mais vil e revoltante, reconhece o Messias, o Salvador, o Soberano de um reino ultraterreno. "Senhor, lembra-te de mim, quando estiveres em teu reino", diz ele, voltando os olhos para Jesus. E Jesus, agonizando, lhe responde: "hoje mesmo estarás comigo no Paraíso".
    A Virgem Maria assistiu à conversão do que fora um dia o terror da Judéia.
    Para o seu coração de mãe e de co-redentora do Gênero Humano, o diálogo divino entre os dois condenados foi o único raio de luz e de alegria dentro das sombras e da tristeza daquela tarde de sexta-feira santa.
    Do Evangelho de São Lucas, capítulo XXIII, versículos 39 a 43: "Ora, um daqueles ladrões, que estavam dependurados, blasfemava contra Ele dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós outros. Mas o outro, respondendo, o repreendia, dizendo: - Nem ainda tu temes a Deus, estando no mesmo suplício? Nós, na verdade, sofremos o que é justo, porque estamos recebendo o castigo merecido das nossas obras; mas Este não fez mal algum. E dizia a Jesus: Senhor, lembra-te de mim quando entrares no teu reino! E Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso".

    Protetor dos Encarcerados Arrependidos - 25 de março

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp

    http://www.diocese-sjc.org.br/pedidosmior.asp



     Escrito por Aurélio Filho às 12h13
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a Nossa Senhora do Ó

    Oração a  Nossa Senhora do Ó

    Doce Virgem Maria, cujo coração foi por Deus preparado para morada do verbo feito carne pelas inefáveis alegrias da expectação de vosso santíssimo parto, ensinai-nos as disposições perfeitas de uma íntegra pureza no corpo e na alma, de uma humildade profunda no espírito e no coração, de um ardente e sincero desejo de união com Deus, para que o meigo fruto de vossas benditas entranhas, venha a nascer misericordiosamente em nossos corações, a eles trazendo a abundância dos dons divinos, para redenção dos nossos pecados, santificação de nossa vida e obtenção de nossa coroa no Paraíso, em vossa companhia. Assim seja.  Amém.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp

    Ecce Domini Crucci - Eis a Cruz do Senhor!



     Escrito por Aurélio Filho às 11h42
    [] [envie esta mensagem] []



    Prece ao Santo Beato Antônio de Categeró

    Prece ao Beato Antônio de Categeró

    Oh, milagroso Santo Antônio de Categeró,
    Valei-me nesta hora de aflição,
    Preciso da Vossa ajuda para vencer as lutas do dia a dia e as forças malignas que procuram tirar-me a paz.
    Libertai-me das doenças e de todas as bactérias infecciosas que querem contaminar o meu corpo colocando-me enfermidades.
    Oh, Santo Antônio de Categeró, Estendei as Vossas mãos agora mesmo sobre mim, livrando-me dos desastres, da inveja e todas as obras malignas.
    Oh, Santo Antônio de categeró, Iluminai os meus passos, a fim de que, onde quer que eu vá, não encontre empecilhos,
    E guiado pela Vossa luz me desvie de todas as armadilhas preparadas pelos inimigos.
    Oh, Santo Antônio de Categeró, Abençoai a minha família, o meu pão e a minha casa, cobrindo-nos com o véu da prosperidade, do amor, da saúde e da felicidade.
    Por nosso Senhor Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo, Amém.

    Comemorado dia 14 de março.

    Historia:

    Santo Antônio de Categeró nasceu na cidade de Barca, Cirenaica, na África e, no início de sua vida religiosa, professava a fé em Maomé. Por ocasião de um aprisionamento que o fez escravo, foi levado à Sicília, para trabalhar em galeras. Vendido como mercadoria a João Landavula, camponês dos arredores de Noto, transformou-se em pastor. Detentor de alma sincera, grande retidão de caráter e agudeza de espírito, foi pelo "amo" aproximado da fé em Cristo. Muito disciplinado, sabia controlar seu corpo a ponto de vencer as fraquezas. O que se pode perceber da descrição do caráter do bem-aventurado é que o seu ascetismo foi responsável pela superação das condições sociais adversas e isto talvez indicasse um padrão a ser seguido pelos negros escravizados no Brasil. Quando alcançou liberdade, dedicou-se a trabalhos em hospitais e às orações; entrou para Ordem Terceira de São Francisco e, por fim, optou por uma vida contemplativa como eremita no deserto. Sua morte deu-se em 1549, no dia 14 de março.

    O estudo do padre italiano Salvatore Guastella sobre a vida do santo - Santo Antônio de Categeró: sinal profético do empenho pelos pobres - repisa as qualidades aqui expostas, além de traçar uma possível rota do estabelecimento da fé no bem-aventurado no Novo Mundo e pontuar os principais locais de sua adoração no Brasil.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.altardosanjos.com.br/altarvirtual/altar.php?id=129#3887002

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp 



     Escrito por Aurélio Filho às 11h27
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

    Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

    Lembrai-vos, ó puríssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que tem recorrido a vossa proteção, implorado o vosso auxílio e reclamado o vosso socorro fosse por vós desamparado.
    Animado eu, pois, com igual confiança, a vós, Virgem das virgens, como à Mãe recorro, em vós me acolho e, gemendo sob o peso dos meus pecados, me prosto a vossos pés.
    Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado, mas dignai-vos de as ouvir propícia, e de me alcançar o que vos rogo.
    Amém.

    Oraçao 2:

    Ó Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorre o teu povo que ressurgir.

    Conceder a todos a alegria de caminhar para o futuro numa consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciado de modo novo e corajoso o Evangelho de teu Filho, fundamento e ápice de toda a convivência humana que aspira a uma paz justa e duradoura.

    Também nós queremos apertar a tua mão como o Menino Jesus que admiramos neste quadro venerando.

    Não te falta nem poder nem bondade para nos socorrer em qualquer necessidade e situação.

    A hora atual é tua hora! Vem, pois em nosso auxílio e sê para nós o refúgio e a esperança.

    Assim seja.

    Oraçao 3:

    Deus, nosso Pai, nós vos agradecemos porque nos destes Maria como nossa Mãe e refúgio nas aflições. Socorrei-nos, dia e noite, ó Mãe do Perpétuo Socorro. Ajudai os doentes, e os aflitos vinde consolar! Vosso olhar a nós volvei e vossos filhos protegei. Ó Maria, dai saúde ao corpo enfermo, dai coragem na aflição; sede a nossa estrela-guia na escuridão. Socorrei-nos, amparai-nos e dai-nos hoje a graça que vos pedimos. Amém!

    Historia:

    Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um título conferido a Maria, mãe de Jesus, representada em um ícone de estilo bizantino. Na Igreja Ortodoxa é conhecida como Mãe de Deus da Paixão, ou ainda, a Virgem da Paixão. Um ícone célebre é venerado desde 1865 em Roma, na igreja de Santo Afonso, dos redentoristas, na Via Merulana.

    O ícone da Mãe de Deus da Paixão é muito difundido no Oriente Bizantino. Exemplares desta representação encontram-se nos museus de Atenas, Moscou, Creta, Leningrado e no Instituto Helênico de Estudos Bizantinos e Pós-bizantinos de Veneza. A devoção no Ocidente à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro deve-se à ação dos padres Redentoristas que difundiram esta prática religiosa em suas áreas de atuação.

    Nomes atribuídos à tipologia. Virgem da Paixão, Madona de Ouro, Mãe dos Missionários Redentoristas, Mãe dos Lares Católicos. O mais difundido no ocidente é Mãe do Perpétuo Socorro.  é celebrada, dia 27 de junho.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.perpetuosocorro.org.br/novo/intencoes.php 



     Escrito por Aurélio Filho às 10h57
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Cristóvão

    Oração a São Cristóvão

    Ó São Cristóvão, que atravessastes a correnteza furiosa de um rio com toda a firmeza e segurança porque carregáveis nos ombros o Menino Jesus, fazei que Deus se sinta sempre bem em meu coração, porque então eu terei sempre firmeza e segurança no guidão do meu carro e enfrentarei corajosamente toda as correntezas que eu tiver de enfrentar, venham elas dos homens ou do espírito enfernal.
    São Cristóvão, rogai por nós.

    0RAÇÃO 2

    " Senhor, que dissestes: "Quem vos recebe, a mim recebe"; e mais: "Quem não toma a sua cruz e me segue, não é digno de mim", fazei com que o bem-aventurado mártir São Cristóvão aumente em nós o amor de vosso nome e tenhamos a felicidade de ver-nos em nossos irmãos no caminho da vida. Amém".

    ORAÇÃO 3 

    "Dai-me Senhor, firmeza e vigilância no volante, para que eu chegue ao meu destino sem acidentes. Protegei os que viajam comigo. Ajudai-me a respeitar a todos e a dirigir com prudência. E que eu descubra vossa presença na natureza e em tudo o que me rodeia. Amém".

    Padroeiro dos Motoristas - (25 de julho)

    Historia:

    A lenda: São Cristóvão é o protetor dos motoristas e dos viajantes. Viveu provavelmente na Síria e sofreu o martírio no século III. "Cristóvão"significa "Aquele que carrega Cristo" ou "porta-Cristo". Seu culto remonta ao século V. De acordo com uma lenda, Cristóvão era um gigante com mania de grandezas. ele supunha que o rei a quem ele servia era o maior do mundo. Veio a saber, então, que o maior rei do mundo era Satanás. Colocou-se pois, a serviço deste. Informando-se melhor, descobriu que o maior rei do mundo era Nosso Senhor. Um ermitão mostrou-lhe que a bondade era a coisa mais agradável ao Senhor. São Cristóvão resolveu trocar a sua mania de grandeza pelo serviço aos semelhantes. Valendo-se da imensa força de que era dotado, pôs-se a baldear pessoas, vadeando o rio. Uma noite, entretanto, um menino pediu-lhe que o transportasse à outra margem do rio. À medida que vadeava o rio, o menino pesava cada vez mais às suas costas, como se fosse o pedo do mundo inteiro. Diante de seu espanto, o menino lhe disse: "Tiveste às costas mais que o mundo inteiro. Transportasse o Criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves".

    Relatos: Existem vários relatos que chegaram até nós sobre São Cristóvão, e entre eles o que há de mais concreto é que Cristóvão foi um homem de estatura alta e de grande força, nascido na Palestina, que se converteu ao cristianismo e se tornou apóstolo de Jesus na Ásia Menor, onde foi martirizado pelo imperador Diocleciano por volta do ano 250 e.C.. Teve culto litúrgico desde o século V na Igreja do Oriente e de Roma. Em todos os países da Europa existem igrejas dedicadas a este santo. Muitos conventos, paróquias e irmandades têm o seu nome. Apesar dessa popularidade, pouco se sabe sobre a vida deste santo. Tudo indica que, de facto, um homem de estatura gigantesca que ambicionava colocar a sua força e habilidade militar ao serviço de quem melhor lhe pagasse. A sua mania de grandeza foi tamanha que mudou várias vezes de amo. Certo dia apresentou-se um menino que lhe pediu que o transportasse para a outra margem. No começo, o menino pouco pesava nos seus ombros, mas à medida que ia avançando no rio, o menino tornava-se mais pesado. Cristóvão estranhou aquele peso, comentando: «Parece que estou a carregar o mundo inteiro!» Sorridente, a criança explicou: «Estás a carregar muito mais do que o mundo inteiro. Carregaste o Senhor do Mundo.» Esta frase foi como um prémio pelo serviço de caridade prestado. Desde aquele dia, mudou o seu nome para Cristóvão, que em grego é «Cristóforo» e significa aquele que carrega Cristo.

     Foi condenado à morte na fogueira, e posteriormente destinado a ser martirizado com setas. Miraculosamente, salvou-se, tendo sido mais tarde decapitado

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp



     Escrito por Aurélio Filho às 12h54
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Santa Josefina Bakhita

    Oração à Santa Josefina Bakhita

    Ó Santa Josefina Bakhita, que, desde menina, foste enriquecida por Deus com tantos dons e a Ele correspondeste com todo o amor, olha por nós.
    Intercede junto ao Senhor para que cresçamos no Seu amor e no amor a todas as criaturas humanas, sem distinção de idade, de raça, de cor ou de situação social.
    Que pratiquemos sempre, como tu, as virtudes da fé, da esperança, da caridade, da humildade, da castidade e da obediência.
    Pede, agora, ao Pai do Céu, oh Bakhita, as graças que mais preciso, especialmente (pedido).
    Amém.

    Historia :

    Religiosa sudanesa da Congregação das Filhas da Caridade (Canossianas). Irmã Josefina Bakhita nasceu no Sudão (África), em 1869 e morreu em Schio (Vicenza - Itália) em 1947. Bakhita não é o nome recebido de seus pais ao nascer. O susto provado no dia em que foi raptada provocou-lhe alguns profundos lapsos de memória. A terrível experiência a fizera esquecer também o próprio nome. Bakhita significa "afortunada" é o nome que lhe foi dado pelos seus raptores. Como o novo dono era Italiano, numa viagem que fizeram para passarem uns tempos em Veneza Bakhita conheceu as Irmãs Canossianas. Acompanhando a filha do patrão à catequese conheceu quem era Deus, quis ser batizada. Mais tarde optou por se consagrar para sempre a Deus, que ela amava e com meiguice lhe chamava "o meu patrão", no Instituto das Filhas da Caridade Canossianas.  Por mais de 50 anos, esta humilde Filha da Caridade, verdadeira testemunha do amor de Deus, dedicou-se às diversas ocupações na casa de Schio. De fato, ela foi cozinheira, responsável do guarda-roupa, bordadeira, sacristã e porteira. Quando se dedicou a este último serviço, as suas mãos pousavam docemente sobre as cabecinhas das crianças que, diariamente, freqüentavam as escolas do Instituto. A sua voz amável, que tinha a inflexão das nênias e das cantigas da sua terra, chegava prazerosa aos pequeninos, reconfortante aos pobres e doentes e encorajadoras a todos os que vinham bater à porta do Instituto. Madre Josefina Backita nome que adquiriu pelo Batismo nunca esqueceu os seus Africanos. Ela dizia muitas vezes: "Senhor se eu pudesse voar lá longe, entre a minha gente e proclamar a todos a tua Bondade. Oh! Quantas almas eu poderia conquistar para Ti. Entre os primeiros os pais e os meus irmãos. Faz ó Jesus com que também eles te conheçam."

    Chegou a velhice, chegou a doença longa e dolorosa, mas a Irmã Bakhita continuou a oferecer o seu testemunho de fé, de bondade e de esperança cristã. A quem a visitava e lhe perguntava como se sentia, respondia sorridente: "Como o Patrão quer".

    Na agonia reviveu os terríveis anos de sua escravidão e várias vezes suplicava à enfermeira que a assistia: "Solta-me as correntes ... pesam muito!".Foi Maria Santíssima que a livrou de todos os sofrimentos. As suas últimas palavras foram: "Nossa Senhora! Nossa Senhora!", enquanto o seu último sorriso testemunhava o encontro com a Mãe de Jesus. Irmã Bakhita faleceu no dia 8 de fevereiro de 1947, na Casa de Schio, rodeada pela comunidade em pranto e em oração. Uma multidão acorreu logo à casa do Instituto para ver pela última vez a sua «Santa Irmã Morena», e pedir-lhe a sua proteção lá do céu. Muitas são as graças alcançadas por sua intercessão. Em primeiro de dezembro 1978, o Papa João II emanou o decreto da heroicidade virtudes da Serva de Deus Josefina Bakhita. Á 06 de Julho de 1991 foi promulgado o decreto de Beatificação, no dia 17 de Maio de 1992, por vontade de João Paulo II foi beatificada.

    No dia 1 de Outubro de 2000 é Proclamada Santa por João Paulo II e chama a IRMÃ UNIVERSAL.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp

    http://comunidadefraterna.com/Pagina/?IDPagina=27

     



     Escrito por Aurélio Filho às 17h28
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Camilo de Léllis

    Oração a São Camilo de Léllis

    Piedosíssimo São Camilo que chamado por Deus para ser o amigo dos pobres enfermos, consagrastes a vida inteira a assistí-los e confortá-los, contemplai do Céu os que vos invocam confiados no vosso auxílio. Doenças da alma e do corpo fazem de nossa pobre existência um acúmulo de misérias que tornam triste e doloroso este exílio terreno. Aliviai-nos em nossas enfermidades, obtende-nos a santa resignação às disposições divinas, e na hora inevitável da morte confortai o nosso coração com as esperanças imortais da beatífica eternidade. Assim seja. São Camilo de Léllis, rogai por nós.

    Oraçao 2:

    Ó São Camilo, que imitando Jesus Cristo destes a vida pelos vossos semelhantes, dedicando-vos aos enfermos, socorrei-me na minha doença, aliviai minhas dores, fortalecei meu ânimo, ajudai-me a aceitar os sofrimentos, para purificarme dos meus pecados e para conquistar os méritos que me darão o direito à felicidade eterna.
    Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Amém,
    São Camilo, rogai por nós.

    Protetor dos Enfermos - (14 de julho)

    Historia:

    Nasceu em Bocchianico, Itália, Camilo lutou por Veneza contra os turcos percorrendo uma carreira militar e de jogador, termonando sem dinheiro.
    Em 1974 entrou para a Ordem dos Franciscanos Capucchinhos, mas teve que sair devido a uma perna doente por causa de ferimentos causados durante a guerra contra os turcos.
    Devotado aos doentes e pobres Camilo chegou a ser diretor do Hospital São Giocomo em Roma.. Seu confessor, na época, era São Felipe Neri e dele recebeu permissão para ser ordenado.
    Com dois companheiros ele fundou uma congregação para ajudar aos doentes chamada "Ministros dos Doentes" os Camilos.
    Foi ordenado ordenado pelo Bispo Thomas Goldwell de São Asaph da Inglaterra e iniciou sua congregação, aumentou suas casas em 1583 e abriu uma casa em Nápolis. Cuidavam de doentes que chegavam com a praga em navios no porto de Roma.
    Em 1591 o Papa Gregório XIV aprovou oficialmente a Congregação e Camilo enviou seus membros para Hungria e Croacia para trabalharem na primeira unidade médica de campo para cuidar de feridos na frente de batalha.
    Muito doente renunciou como superior de sua Congregação e faleceu pouco depois em Roma em 14 de julho de 1614. Foi canonizado em 1746 e declarado junto com São João de Deus, padroeiro dos doentes, pelo Papa Leão XIII. O Papa Pio XI o indicou como padroeiro das enfermeiras e enfermeiros
    Na arte litúrgica da Igreja ele é mostrado com a túnica da Ordem e é chamado "Pai da Boa Morte".
    Sua festa é celebrada no dia 14 de julho.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp



     Escrito por Aurélio Filho às 17h14
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Santa Cecília

    Oração à Santa Cecília

    Ó Virgem e mártir, Santa Cecília, pela fé viva que vos animou, desde a infância, tornando-vos tão agradável a Deus e ao próximo, merecendo a coroa do martírio, convertendo pagãos ao cristianismo, alcançai-nos a graça de progredir cada vez mais na fé e professá-la através do testemunho das boas obras, especialmente servindo aos irmãos necessitados.
    Gloriosa Santa Cecília, que os vossos exemplos de fé e virtude sejam para todos nós um brado de alerta, para que estejamos sempre atentos a vontade de Deus, na prosperidade como nas provações, no caminho do céu e da salvação eterna.
    Santa Cecília, padroeira dos músicos e artistas, rogai por nós.
    Amém.

    Oraçao 2:

    Ó Gloriosa Santa Cecília,
    apóstola de caridade,
    espelho de pureza e modelo de esposa cristã!
    Por aquela fé esclarecida,
    com que afrontastes
    os enganosos deleites do mundo pagão,
    alcançai-nos o amoroso conhecimento
    das verdades cristãs,
    para que conformemos a nossa vida
    com a santa lei de Deus e da sua Igreja.
    Revesti-nos de inviolável confiança
    na misericórdia de Deus,
    pelos merecimentos infinitos
    de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Dilatai o nosso coração, para que,
    abrasados do amor de Deus,
    não nos desviemos jamais
    da salvação eterna.
    Gloriosa Padroeira nossa,
    que os vossos exemplos de fé e de virtude
    sejam para todos nós um brado de alerta,
    para que estejamos sempre atentos à vontade de Deus,
    na prosperidade como nas provações,
    no caminho do céu e da salvação eterna.
    Assim seja.

    Oração 3:

    Deus, nosso Pai, a exemplo de Santa Cecília, entoamos um cântico de louvor pelas maravilhas que nos concedestes. Com os anjos e os santos queremos cantar: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo ! O céu e a terra proclamam vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor ! Hosana nas alturas ! 

    Santa Cecília, rogai por nós 

    Historia:

    Entre as santas mais veneradas da Idade Media, Santa Cecília é exemplo e modelo mais perfeito de mulher cristã, que por amor a Cristo professou a sua virgindade e sofreu  o martírio. No dia de suas núpcias, a santa declarou a seu marido, Valeriano, que ela estava sendo velada por um anjo noite e dia . O seu marido disse que só acreditaria quando visse o anjo e ela o aconselhou a procurar o papa Urbano que estava refugiado. Valeriano e seu irmão foram ter com o papa e em seguida converteram-se. Por esse motivo, os dois sofreram o martírio e foram mortos.  Santa Cecília recolheu os corpos do marido e do cunhado e sepultou-os em sua própria casa. Descoberta, foi martirizada e morreu decapitada.

    Dentre as santas é a que mais tem basílicas em Roma, nenhuma outra conseguiu tantas igrejas em sua homenagem e  memória. Santa Cecília também é a padroeira dos músicos.

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.as 



     Escrito por Aurélio Filho às 16h57
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Brás

    Oração a São Brás

    Ó glorioso São Brás, que restituístes com uma breve oração a perfeita saúde a um menino que, por uma espinha de peixe atravessada na garganta, estava prestes a expiar, obtende para nós todos a graça de experimentarmos a eficácia do vosso patrocínio em todos os males da garganta.
    Conservai a nossa garganta sã e perfeita para que possamos falar corretamente e assim proclamar e cantar os louvores de Deus.
    A bênção de São Brás: "Por intercessão de São Brás, Bispo e Mártir, livre-te Deus do mal da garganta e de qualquer outra doença. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém".

    Oraçao 2:

    Oração preparatória

    Todo poderoso eterno Senhor,
    Com fé revivida reverencio Vossa Divina Majestade prostrada a vossos pés invoco com filial confiança na Vossa Suprema bondade e misericórdia

    Iluminai a escuridão do meu intelecto com os raios de Vossa sagrada luz e inflama meu coração com o fogo do Seu divino amor, de modo que eu possa ao menos tentar imitar as virtudes e os méritos do Santo, que em sua honra eu faço esta novena e seu exemplo devo seguir, e como ele a vida de Vosso divino Filho
    Para Vossa maior gloria e salvação de minha alma Amem.

    Oração em honra de São Brás

    O Deus nos proteja através da intercessão do Vosso santo Bispo e mártir, São Brás, de todos os males da lama e do corpo especialmente os males da garganta e nos dê a graça de fazer uma boa confissão na confiança na esperança de obter o Vosso perdão e para sempre louvar o Vosso santo nome.

    Tudo isto através de Vosso filho Jesus cristo nosso Rei. Amem.

    Invocação a São Brás

    São Brás, gracioso benfeitor da humanidade e fiel servo de Deus, e que pelo Seu amor sofreu muitas torturas com paciência e resignação, Eu invoco sua poderosa proteção meu querido São Brás. Preserve-me dos males da alma e do corpo. Pela sua graça e pelos seus méritos Deus te deu o Dom de uma graça especial para ajudar aqueles que sofrem dos males da garganta, assim me proteja desses males de modo que eu possa cumprir o meu deveres e com a ajuda e a graça do Senhor praticar boas ações. Eu invoco sua especial ajuda com medico de almas, de modo que eu possa me confessar piamente e verdadeiramente merecer o santo sacramento da Penitencia e obter o perdão. Eu recomendo Tua misericordiosa intercessão também aqueles que desafortunadamente esconderam seus pecados em uma falsa confissão e obtenha a especial graça para que eles se confessem e se acusem sinceramente

    Com contrição e consigam fazer uma Santa Comunhão e que consigam receber o perdão de todos os pecado já cometidos e escondidos com o sacrilégio das confissões e comunhões sacrílegas feitas até esta hora sejam também perdoados e que eles recebam o perdão do Senhor e a remissão do castigo eterno. Amem.

    Oração final

    Meus Deus e meu Senhor

    Eu ofereço a Vós meu pedido em união com a Paixão de Jesus Cristo Vosso Filho, junto com o mérito da Sua Imaculada Mãe, Maria, sempre Virgem e todos os santos particularmente o Santo Ajudante Brás, em cuja honra eu faço esta novena.

    Olhai para mim Senhor caritativo. Derrame-me Vossa graça e Vosso amor

    E graciosamente dignai-vos a atender as minhas preces. Amem

    Protetor das doenças da garganta - (3 de fevereiro)

    Pedido de Oraçao:

    http://www.cancaonova.com/portal/canais/pedidooracao/



     Escrito por Aurélio Filho às 16h37
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Santa Marta

    Oração à Santa Marta

    Ó gloriosa Santa Marta, entrego-me confiante em vossas mãos, esperando o vosso amparo. Acolhei-me sob a vossa proteção, consolai-me nos meus sofrimentos. Em prova do meu afeto e devoção, ofereço-vos esta luz (acende-se uma vela), a acenderei todas as terças-feiras desta novena.
    Pela felicidade que tivestes em hospedar em vossa casa o Divino Salvador do mundo, consolai-me em minhas penas. Intercedei hoje e sempre por mim e por minha família, para que tenhamos o auxílio de Deus Todo-Poderoso nas dificuldades da nossa vida.
    Suplico-vos, gloriosa santa, que em vossa grande bondade, me consigais especialmente a graça que ardentemente vos peço e que tanto preciso (pedido).
    Rogo-vos que me ajudeis a vencer todos os obstáculos que se apresentarem em meu caminho, com a mesma sinceridade e fortaleza que vós tivestes ao transpassar o dragão que tendes em vossos pés.
    Amém, Jesus.

    Historia:

     (29 de julho)

    Marta, irmã de São Lazarus e Maria de Bethany,( no oeste também chamada de Margareth), perto de Jerusalém e é a padroeira da cozinheiras e donas de casa. Ela era a anfitriã e a dona da casa por ser a irmã mais velha. Quando Jesus se hospedava em sua casa, em Bethany, Marta era solícita e cuidava do seu bem estar. Em uma visita, recorda Lucas no seu evangelho, Marta reclamou que Maria ficava sentada ouvindo Jesus, deixando-a com todo o trabalho. Jesus respondeu em tom de brincadeira, " foi Maria que escolheu a melhor parte". Assim Marta tornou-se o protótipo da ativista Cristã e Maria o símbolo da vida contemplativa. Assim Marta foi a única que foi procurar Jesus, quando Lázaro morreu, enquanto Maria ficou em casa .A tradição diz ainda que, para aqueles que diziam que já era tarde e que Lázaro já estava morto, Marta retrucou energicamente "que não tinha a menor importância e que Jesus iria cura-lo". E de fato quando Jesus chegou Lázaro já estava enterrado e seu corpo já apresentava sinais de putrefação, mas Marta não se abalou, e com enorme fé, pediu a Jesus para cura-lo e este foi o maior dos milagres de Jesus. Mais ainda: Ela disse a Jesus que acreditava que o Senhor Pai daria a ele o que pedisse. Em resposta aquela fé inabalável, ela foi a primeira a ouvir de Jesus a sua mais profunda revelação. Quando Marta disse que ela acreditava que seu irmão iria se levantar de novo, Jesus disse a Marta: "Eu sou a ressurreição e a vida, aquele que crê em mim viverá mesmo que ele morra, e todos que vivem e crêem em mim, nunca morrerão." "Voce acredita nisto ?" perguntou Jesus a Marta, e ela respondeu: "Sim meu Senhor, eu acredito que Voce é o Messias e o Filho de Deus." A tradição diz ainda que Marta foi com Maria e Lázaro para a França servindo de missionária em Provence. Em outra versão Lázaro e suas irmãs vão para Chipre onde ele se torna bispo de Kition ou Lanarka. As suas supostas relíquias teriam sido transladadas para Constantinopla e varias igrejas e capelas foram erigidas em sua honra na Síria. A Basílica de São Lázaro, santo padroeiro de Lanarka, construída em 890 DC era um templo cristão do quinto século no qual existia um sarcófago com a com a inscrição: "Lazarus, o amigo de Cristo". Isto reforça a tradição que ele viveu sua "segunda vida ressuscitado" em Kition, Lanarka. A tradição diz ainda que Santa Marta é protetora das falsas preocupações e superstições. Isto no Brasil, significaria proteção contra: mau olhado, inveja, pragas, bruxarias, descarrego e outras superstições para as quais ela oferece um escudo impenetrável. Ela é a padroeira das donas de casa.

    Hoje, lembramos a vida de Santa Marta, que tem seu testemunho gravado nas Sagradas Escrituras. Padres e Teólogos encontram em Marta e sua irmã Maria, a figura da vida ativa (Marta) e contemplativa (Maria).
    No Evangelho, Santa Marta apresenta-se como modelo ativo de quem acolhe: "... Jesus entrou em uma aldeia e uma mulher chamada Marta o recebeu em sua casa". (Lc 10,38)
    Esta não foi a única vez, já que é comprovada a grande amizade do Senhor para com Marta e seus irmãos, a ponto de Jesus chorar e reviver o irmão Lázaro.
    A tradição nos diz que diante da perseguição dos judeus, Santa Marta, Maria e Lázaro, tiveram de ir para França, onde se dedicaram à Evangelização. Santa Marta agora no Céu reina com Cristo, pois aqui soube ser ativa na amizade e acolhimento de Deus. Aprendamos com ela!

    Pedido de Oraçao:

    http://www.cancaonova.com/portal/canais/pedidooracao/



     Escrito por Aurélio Filho às 00h44
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração a São Vito

    Oração a São Vito

    Ó glorioso São Vito! Vós suportastes, com calma e serenidade, as ameaças e insultos do vosso próprio pai e as perseguições dos pagãos. Até nas torturas do martírio conservastes uma tranqüilidade imperturbável.
    Olhai para mim, pobre servo e devoto vosso. Vede a que estado nervoso me reduziram o cansaço, o esgotamento, a ansiedade e a depressão.
    A insônia me priva do descanso da noite. Qualquer contrariedade me irrita e me enerva. Palavras ríspidas e descaridosas me escapam da boca, contra a minha vontade. Por vezes os meus pensamentos se descontrolam e me torno incapaz de coordenar as minhas idéias. Até as minhas mãos se tornam trêmulas.
    O desânimo, o amargor invadem todo o meu ser. A minha força de vontade enfraquecida não me ajuda mais. Toda esta situação me deixa prostrado, desanimado, aflito e incapaz de reagir diante das dificuldades e dos problemas que surgem na minha família, no meu trabalho e no convívio com as pessoas.
    Querido São Vito! A vós recorro porque em vós eu vejo uma esperança para a minha saúde, uma luz para a minha vida. Sinto que a vossa proteção me reanima na minha fraqueza. De vós espero alívio na minha aflição, calma nos momentos de irritação, equilíbrio na perturbação, força de vontade para superar tudo o que é negativo. A vossa bênção me dará um pensamento positivo, paz, segurança, tranqüilidade.
    Ó glorioso São Vito! Que vossa proteção faça reviver a minha esperança num Poder Superior. Que a vossa intercessão aumente a minha fé em Deus, Pai de amor; que fortaleça a minha confiança em Deus Filho e Salvador; que reanime a minha segurança em Deus, Espírito Santo Consolador.
    São Vito, eu vos peço fortaleza no desânimo, luz na dúvida, clareza na confusão e calma nas contrariedades.
    São Vito, São Vito! Socorrei um coração aflito!
    Amém.

    História

    Dizem alguns que São Vito nasceu na Sicília; outros, com mais fundamento, sustentam ter nascido na antiga Lucania, a província atual de Basilicata, no ano 288 da Era Cristã, ano quarto do império de Diocleciano, sob o pontificado do Papa S. Caio mártir. Era filho de lla, rico e nobre senhor romano, alto dignitário do império ao qual era ligado pelos laços do interesse e da tradição da sua família. O nome e a terra da mãe não se conhecem, supondo-se que era também romana e pertencente à nobreza do grande império. No exercício dos cargos de administração, os nobres romanos fixavam residência nas cidades de sua jurisdição e assim lIa veio para Nápoles, cidade das mais belas, ricas e deliciosas da Itália. Obedecendo às determinações do governo central do imperador Diocleciano que executou a mais sangrenta repressão do cristianismo, lIa perseguia os cristãos com sanha igual à do Imperador a quem votava grande respeito e não menor estima.

    Nesse tempo quem se declarasse abertamente cristão sofria imediatamente pena capital: basta dizer que no decurso de um só mês Diocleciano sacrificou dezessete mil mártires. Ila queria que seu único filho Vito fosse entregue a uma ama pagã que instilaria naturalmente na criança o pendor para a idolatria. Mas, pela imperscrutível disposição de Deus, o pequenino foi confiado a outra ama, cristã oculta, de nome Crescencia, mulher virtuosa e fiel que recebeu o menino tomo um tesouro celeste que a Divina Providencia depositasse em suas mãos. E assim, com o leite do seu seio, Crescencia lhe instilava também os doces princípios da piedade cristã; quando o menino cresceu um pouco mais foi entregue aos cuidados de Modesto, esposo de Crescencia. honesto e douto homem. Que passou a ser o preceptor de Vito

    Pedido de Oraçao:

    http://www.religiaocatolica.com.br/interacao/peca_sua_oracao.asp

    http://www.igrejasaovito.org/index.php?option=com_contact&task=view&contact_id=1&Itemid=140 



     Escrito por Aurélio Filho às 00h30
    [] [envie esta mensagem] []



    Oração à Santa Isabel

    Oração à Santa Isabel

    Altíssimo e Soberano Senhor Nosso, que quisestes dar-nos exemplos nos vossos servos, não somente nos claustros e desertos, onde santificastes tantas almas, mas também nos tronos dos reis, e no meio da grandeza e magnificência dos palácios colocastes a virtude, para nos desenganardes de que em todos os estados pode haver o espírito de cristianismo e a salvação. Sois Vós quem, na Rainha Santa Isabel, nos destes o exemplo de uma ânimo pacificador, humilde, generoso e caritativo, virtudes tão dificultosas nos meio das grandezas humanas, pelo que sejais, para sempre bendito e louvado. Nos vos pedimos, Senhor, por intercessão desta Santa Rainha, que tão grande foi no mundo e que não é menor no Céu, as graças que tanto precisamos (pedido) em modo particular a Paz nos nossos corações e nos nossos lares.
    Oh! Deus, que sois tão admirável nos vossos santos, compadecei-Vos de nossas misérias e deixa-Vos mover das preces de Vossa Serva: excite-se a nossa sonolência, anime-se a nossa franqueza: recebamos todos novo ânimo na devoção desta grande Serva vossa, reformem-se nossos costumes, e preparem-se assim para nós os caminhos da eterna felicidade.
    Assim seja. Santa Isabel rogai por nós.

    Historia:

    Santa Isabel da Hungria e da Turíngia, OFS (Pressburgo(?), 7 de Julho de 1207 - Marburgo, 17 de Novembro de 1231) , filha de André II da Hungria e da rainha Gertrudes de Andechs- Meran, descendente da família dos condes de Andechs-Meran.

    Do lado materno, era sobrinha de Santa Edwiges, tia das santas Cunegundes (Kinga) e Margarida da Hungria e tia-avó de Santa Isabel de Portugal e do lado paterno prima de Santa Inês da Boêmia. Casara-se com o Duque Ludwig da Turíngia, filho do Landgrave Hermano I e de Sofia da Bavária, soberano de um dos feudos mais ricos do Sacro Império Romano-Germânico. O noivado foi realizado no Castelo de Wartburg, em Eisenach, capital do Ducado da Turíngia, quando Isabel tinha apenas 4 anos e Luís 11. Os dois príncipes tiveram três filhos e realmente se apaixonaram e viveram uma grande e intensa história de amor, num matrimônio exemplar, que atraiu sobre Isabel os ciúmes de sua sogra, a duquesa Sofia e demais parentes do esposo. Foi fortemente influenciada pela espiritualidade franciscana, cuja ordem surgiu naquela época. Quis viver uma pobreza voluntária total, no que foi desaconselhada pelo seu diretor espiritual, Conrado de Marburgo, que a aconselhou a viver as virtudes do seu estado.

     Pedido de Oraçao:

    http://www.cancaonova.com/portal/canais/pedidooracao/ 



     Escrito por Aurélio Filho às 23h54
    [] [envie esta mensagem] []



    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]